sexta-feira, 16 de abril de 2010

Diferente.

Eu tô diferente hoje, eu sei disso. Mas não é tristeza: é nostalgia e reflexão... Eu acho. Não da pra dizer como me sinto. Mas sei que é diferente.


"Eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, dessas coisas assim que não se dizem costumeiramente, sabe, dessas coisas tão difíceis de serem ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se sabe nem como serão ditas nem como serão ouvidas, compreende?"(Caio F.)

3 comentários:

  1. É... Sabe, eu compreeendo. ;/

    ResponderExcluir
  2. o nome do seu blog me lembrou um livro do Leminski.

    Distraído Venceremos.



    que lindo esse trecho Caio.
    devo ter lido umas 20 vezes essa semana... ou 200 mil vezes, rs.

    ResponderExcluir
  3. Encantei-me com toda sua distração!!! Acompanho-te a partir de sempre!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir

Diga-me você...